Futebol Robótico com robôs médios

 

A liga de Futebol Robótico Médio (Middle Size League – MSL, em inglês) é uma liga oficial do RoboCup. Duas equipas com 5 robôs completamente autónomos, cujas dimensões vão até 80 cm de altura, 52 cm de diâmetro e 40 kg de peso, defrontam-se num campo semelhante ao de futebol de 11 humano, mas com um tamanho mais reduzido (18 m x 12 m).

 

Os robôs possuem diversos sensores (câmaras, giroscópios, sonares, etc.) e atuadores (motores, dispositivo de chuto, etc.) que possibilitam que estes joguem de forma completamente autónoma, i.e., sem qualquer intervenção humana. Estes possuem ainda ligação sem fios para poderem comunicar entre si, com o treinador (computador externo) e com o árbitro (via outro computador externo).

 

Existem por norma dois árbitros: um que regula o jogo e outro que interage com uma interface gráfica. A partir desta interface os robôs tomam conhecimento de todas as faltas, cartões, etc., que ocorrem durante o jogo.

 

Esta modalidade é uma das que desperta mais atenção devido à sua elevada multidisciplinaridade. O desenvolvimento de uma equipa de robôs com estas dimensões coloca desafios ao nível da mecânica, eletrónica e programação e da sua integração. Por seu lado, a restrição da autonomia coloca desafios ao nível do processamento de sinal, controlo e inteligência artificial. O cenário de competição vai sendo regularmente revisto de forma a constituir um desafio adequado ao estado da tecnologia.